top of page

Nobre vagabundo

Quanto tempo tenho

Pra matar essa saudade

Meu bem o ciúme

É pura vaidade

Se tu foges o tempo

Logo traz ansiedade

Respirar o amor

Aspirando liberdade


Tenho a vida doida

Encabeço o mundo

Sou ariano torto

Vivo de amor profundo

Sou perecível ao tempo

Vivo por um segundo

Perdoa meu amor

Esse nobre vagabundo

 

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ouro de Minas

tudo olha de cima É leve como algodão Flutua como passarinho arranha feito  gavião Vive ao luar de  minas Ouro , montanhas ,carvão india ,mulher , menina Dona do meu coração

Fotografia

Mulher de fotografias Lente da minha visão Fotos que é livre ao vento Click o meu coração

Mulher Puris

De onde vens Que move montanhas encharca os vales E sonha infinito ? Rochas refletem seu rosto Certeiro seu olhar de Lança Selvagem a sua beleza riso de rosto bonito.

Comments


bottom of page